Artistas evangélicos se posicionam sobre as manifestações

As manifestações contra a corrupção e contra o governo de Dilma Rousseff foram comentadas por cantores evangélicos através das redes sociais neste domingo (13).
Exercendo suas cidadanias, nomes como Ana Paula Valadão, Fernanda Brum, Eyshila, Jozyanne, Jonas Vilar, Cristina Mel e André Valadão não se calaram e mostraram que não estão satisfeitos com o atual governo e com os escândalos de desvio de verbas públicas.
A líder do Diante do Trono foi quem falou mais abertamente sobre o que pensa, criticando a corrupção e citando o que espera para o Brasil.
“Nunca antes vimos a Justiça brasileira punir alguns tipos de pessoas por seus crimes como vemos hoje. A lei tem valido para todos! E assim, creio que a corrupção vai cair, e vai parar de consumir os recursos da nação”, escreveu.
Ana Paula também ensinou aos seguidores que o “jeitinho brasileiro” também deve ser combatido. “Mas essa corrupção não pode cair só nos altos escalões. Para mudar o Brasil nossa cultura precisa ser transformada. O jeitinho brasileiro tem que acabar. Você já furou fila e usufruiu do favor de um amigo em detrimento das outras pessoas? Isso também é corrupção”.
André Valadão usou seu Instagram para compartilhar a canção “Pra Cima Brasil”, do João Alexandre e em uma segunda foto ele convocou seus seguidores para orar pelo país.
“Brasil. Oramos, clamamos, cremos! Cremos e veremos”, foi a legenda da fotografia que trazia o versículo de 2 Crônicas 7:14.
As cantoras Eyshila e Jozyanne estiveram na manifestação em Brasília, onde participaram da inauguração do templo da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Elas aproveitaram a passagem pela capital brasileira e participaram da manifestação em frente ao Congresso Nacional.
Pelas redes sociais elas mostraram seu posicionamento político a favor do Brasil e contra a corrupção.
“Já estou a caminho de Brasília para a inauguração de mais uma Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Porém, não esqueçamos do nosso propósito hoje: vamos às ruas, pisar no solo brasileiro declarando que o Brasil também é do Senhor. Temos o direito de viver a vida abundante que Ele nos outorgou. Ele é Deus de todos os povos! Fora corrupção! Fora PTRALHAS! Fora injustiça! Deus nos guiará pelas veredas da justiça por amor do Seu Nome”, escreveu Eyshila.
Jozyanne não deu declarações, mas mostrou os momentos da manifestação em Brasília, como o trio elétrico onde o pastor Silas Malafaia e sua esposa, Elisete Malafaia, seguravam uma bandeira do Brasil.
“Nossos pastores com voz profética sobre a nossa nação”, foi a legenda da cantora.
Cristina Mel também não quis debater política, mas se mostrou a favor do país. Na imagem postada no Instagram ela escreveu: “Amo o Brasil. Quero ser benção para minha nação. ‘Deus, ilumina essa nação, põe amor no coração daqueles que governam a nossa Pátria amada… Brasil'”.
Jonas Vilar postou trecho de um vídeo onde o pastor Silas Malafaia fala com os manifestantes em Brasil e escreveu: “Fora PT”.

Gisele Nascimento chama manifestação de “manipulação”

A cantora Gisele Nascimento postou em seu Instagram uma charge bastante compartilhada nas redes neste domingo por conta de uma foto onde uma família caminha na manifestação do Rio de Janeiro com a babá levando o carrinho onde duas crianças estão sentadas.
A fotografia foi bastante criticada, pois a família é formada por pessoas brancas e a babá era negra, querendo afirmar que quem lutava contra a Dilma era a favor da discriminação e até mesmo – pasmem -houve quem dissesse que se a Dilma deixar o governo instalarão novamente a escravidão.
Mas a cantora mediu as palavras, sobre o assunto, dizendo apenas que a babá estava sendo injustiçada.
“Discurso Hipócrita de uma parte da classe média! Antes de ler observe a imagem e veja onde há injustiça? Era pra o pobre estar ao lado do rico em um protesto! Ué os direitos não são iguais? Injustiça né! Sou a favor sim! De uma política justa para o Rico e também para o pobre”, escreveu.
Gisele ainda questionou quem governaria no lugar de Dilma Rousseff: “Querem que a Dilma saia, se é para o bem do povo, eu concordo! Mas quem vai assumir? Não queremos um melhorzinho, outro que enganará o povo novamente. Essa passeata não passa de uma manipulação! Não vai melhorar…”, disse.
“Só vão achar um outro jeito de enganar o povo. Vão continuar fingindo, atuando, pagando gente de influência pra fazer a cabeça do povo! Sou a favor que tire a Dilma, mas que também remova a grande maioria desses mentirosos, que fingem lutar pelo meu povo! Agora… tira o Pezão também, ou você não sabe da covardia que ele está fazendo com os funcionários públicos, aposentados e com gente que trabalha muito e não tem tempo pra fazer passeatas?”, completou.

Fonte Gospel Prime 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 
Copyright © 2015. Radio Extra Gospel Fm - São Paulo - Brasil .
Design by Herdiansyah Hamzah. Published by Mais Template.
Creative Commons License